Acará Bandeira Frenatus! Cardume de Neons Lago de Carpas Oscar Peixe Palhaço/Nemo

Peixe-Palhaço (Amphiprion ocellaris)

Olá senhores!Segue as informações do peixe mais procurado dos aquários marinhos!


Peixe-palhaço, ou peixe-das-anêmonas é o nome vulgar das espécies da subfamília Amphiprioninae na família Pomacentridae. Existem cerca de 27 espécies, uma das quais pertence ao gênero Premnas, pertencendo os outros ao gênero tipo Amphiprion. Deve o seu nome à forma desalinhada como nada.

peixe-palhaco-nemo
Imagem: Google




Ele não é nada discreto: exibe o seu colorido nadando em movimentos engraçados. E foi por isso que o peixe-palhaço ganhou esse nome.
As cores e o brilho permitem que os peixes-palhaços se identifiquem, mas esse não é o único segredo de comunicação entre eles.
Esses peixes emitem sons diferentes dos barulhos produzidos por outras espécies. O papo inclui estampidos e um tipo de canto misterioso. Os sons são produzidos por tendões na boca e talvez só existam nessa espécie.Para “falar”, eles abrem a boca e levantam a cabeça. Aí os tendões se esticam e dão um estalo, forçando a boca a se fechar.


ELE É UMA FERA!

O peixe-palhaço não tem medo de ser exibido, porque, quando está em perigo, corre para casa. É que ele mora no meio das anêmonas, que são animais cheios de tentáculos venenosos. Se algum inimigo se atreve a segui-lo, logo é atingido pelo veneno, fica paralisado e é devorado pela anêmona.
Esse veneno não faz nada ao peixe-palhaço, que ajuda a anêmona, limpando os restos de alimentos que ficam entre os tentáculos. Além disso, ele a protege, pois vai para cima dos peixes-borboletas, que atacam a anêmona.Mesmo pequeno, é tão valente e agressivo que assusta os invasores.

NAMORO DE PALHAÇO
Na mesma anêmona vivem vários casais de peixes-palhaços. Na época do namoro, eles liberam na água as células reprodutivas, que se unem e formam de cem a mil ovos. Eles são depositados num lugar protegido e o pai fica vigiando por uma semana.
Os bebês são larvas minúsculas, que nascem e viajam com as correntes marítimas por 12 dias. Nesse tempo, seu corpo se desenvolve e o peixe já é capaz de nadar e de procurar uma anêmona para morar.





Eles vivem em turma e se exibem para conquistar uma namorada


O queixo tem estruturas internas especiais que permitem a produção de sons.
Os olhos são sensíveis e ele enxerga muito bem.
Ele tem um ouvido interno que capta sons e ajuda na orientação espacial, permitindo detectar se está perto ou longe da superfície.
As nadadeiras garantem impulso e estabilidade na hora de nadar.
O corpo laranja é apurado. é ágil e ele produz um muco protetor que cria uma barreira contra o veneno da anêmona.
As narinas são dois orifícios entre a boca e os olhos, e seu olfato é apurado.
Nas laterais do corpo há sensores que captam vibrações na água e permitem perceber a movimentação de outros seres.
A boca e os dentes são bem pequenos e servem para arrancar algas, pegar alimentos e até para fazer limpeza.





Quando sente medo, ele se esconde entre os tentáculos das anêmonas.


Ficha do peixe-palhaço:

  • Comprimento: até 11 centímetros.
  • Peso: até 150 gramas.
  • Tempo de vida: até 10 anos.
  • Alimentação: algas, zooplâncton e crustáceos.
  • Onde vive: no Pacífico Oeste, na região da Grande Barreira de Corais da Austrália.

Você sabia que:

  • Existem pelo menos 27 espécies de peixes-palhaços que se diferenciam por detalhes no corpo? Uma delas inspirou o desenho Procurando Nemo.
  • Os sons emitidos por esses peixes foram registrados pela primeira vez em 1930? Mas só agora os cientistas entenderam como funcionam.
  • Os casais passam a vida toda juntos, morando na mesma anêmona?
  • Quando uma fêmea do grupo morre, um macho jovem e sem par pode virar fêmea? Para garantir a preservação da espécie, as glândulas do corpo do peixe passam a trabalhar de um jeito diferente e o animal troca de sexo.



Texto: Noêmia Lopes
Share:
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações

Blog Archive

Publicidade

Nossos Seguidores

Postagem Recente